Cratera_Colonia_Riccomini et al_2005 Cratera de Colônia – um astroblema na cidade de São Paulo

As chamadas crateras de impacto (ou astroblemas) são cicatrizes formadas pela queda de corpos celestes (como meteoritos ou cometas) na crosta terrestre. A Cratera de Colônia é um provável astroblema situado na cidade de São Paulo, a apenas 35 km da Praça da Sé, no interior da Área de Preservação Ambiental Municipal (APA) Capivari-Monos – na região de Parelheiros.

Do alto da encosta é possível ter a dimensão da cratera, com seus cerca de 3,6 km de diâmetro, originária da colisão do corpo celeste com a superfície terrestre. Desde a ocorrência do impacto – que deve ter acontecido entre 5 e 36 milhões de anos atrás – vem sendo formada uma espessa camada sedimentar no interior da cratera, camada esta que possui grande interesse científico por conter informações sobre o clima e o ambiente existente na região há milhões de anos.

Vale notar que essa região foi palco de uma das primeiras experiências de implantação de uma colônia estrangeira no Império brasileiro, quando, em 1827, imigrantes alemães se instalaram na região. Daí deriva o nome atual do bairro, “Colônia”. Hoje, a Cratera abriga um bairro com mais de 30 mil pessoas. Mais informações podem ser obtidas junto ao Posto de Atendimento ao Turista, tel.: (11) 5925-2736.

Consulte também:

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/unid_de_conservacao/index.php?p=42073