Rocha Moutonnée

Rocha Moutonnée – uma herança da idade glacial

Este monumento geológico situa-se na zona urbana da cidade de Salto, a 100 km da capital paulista, no interior do Parque Municipal que leva o seu nome. A expressão “rocha moutonnée” vem do francês (de “mouton”, que significa “carneiro”) e se refere à sua forma arredondada, com uma face mais inclinada que a outra, lembrando um carneiro deitado.

A Rocha Moutonnée de Salto é particularmente importante por constituir-se num testemunho da glaciação ocorrida há cerca de 300 milhões de anos. Naquele tempo, a temperatura na Terra caiu e as geleiras avançaram, alcançando o que é hoje o sudeste brasileiro. Uma enorme camada de gelo, trazendo no seu interior areia e outras pedras, ao passar lentamente sobre a Rocha, praticamente “lixou” sua superfície e lhe conferiu sua forma característica.

Ao longo dos anos, a Moutonnée de Salto foi sendo descaracterizada (como se vê na foto) devido à sua extração para produção de materiais de construção. Desse modo, a visualização das características típicas das rochas moutonnées ficou prejudicada. Todavia, ainda é possível observar alguns efeitos da ação glacial sobre a rocha, tais como estrias e sulcos.

O Parque Rocha Moutonnée fica na Rodovia Rocha Moutonnée, s/nº, Salto (SP) e funciona diariamente das 8h às 17h. Mais informações podem ser obtidas com a Prefeitura de Salto pelo telefone (11) 4602-8500.

Veja mais em http://www.salto.sp.gov.br/